SCTI-Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Inovação

Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Governo Digital: Estado padroniza...

Governo Digital: Estado padroniza sites para melhor informar a população

Foto: Ricardo Trida / Secom

A era digital exige normas e padronizações para oferecer a informação com agilidade, credibilidade e facilidade de navegação. Para isso, a Secretaria da Ciência,Tecnologia e Inovação elaborou um padrão de comunicação visual para os sites dos órgãos governamentais, com o intuito de melhorar a experiência dos usuários ao navegar entre diferentes portais do Estado. A área responsável por este trabalho pertence ao setor de Governo Digital, que atua também com digitalização de serviços e a coordenação do Portal de Serviços sc.gov.br.

Nos primeiros cinco meses de 2023, foram padronizados sites das secretarias que atuam no Centro Administrativo, como a de Estado da Administração, da Casa Civil, do Planejamento, da Articulação Nacional, da Articulação Internacional e da própria Ciência, Tecnologia e Inovação.

O Portal da Agência Catarinense de Notícias também foi outro projeto de destaque desenvolvido pela equipe da SCTI já utilizando o novo padrão visual sc.gov.br. “A equipe da Secretaria de Comunicação apresentou a ideia, entendemos que era uma entrega importante para o governo, e rapidamente iniciamos um trabalho colaborativo com algumas prototipações da ACN até chegarmos na versão final, que foi lançada dia 10 de maio. Todo o desenvolvimento da plataforma foi realizado internamente pela equipe da SCTI, desde a arquitetura da informação, design e automatização das publicações provendo autonomia para a Secretaria da Comunicação gerenciar os conteúdos”, explica Maciel Felipe da Silva, gerente de Governo Digital.

O padrão de comunicação visual começou no ano passado inspirado pelo projeto “gov.br” do Governo Federal. “Santa Catarina foi um dos primeiros estados a aderir a rede Gov.br, em 2019, e a partir daí começamos a utilizar boas práticas de governo digital adotadas pelo Governo Federal, dentre elas a digitalização de serviços e a padronização da identidade visual para produtos digitais como Portais, o que auxilia o cidadão a identificar que trata-se de um produto oficial por meio de um padrão estabelecido.”, destaca Maciel.

Mobile First e Acessibilidade

O desenvolvimento dos sites atende a abordagem chamada “mobile first”, que prioriza primeiramente a usabilidade em dispositivos móveis, sendo adaptada posteriormente para outros tamanhos de dispositivos. “Estamos falando sobre responsividade do site quando acessado de celulares, tablets, notebooks ou desktops”, explica o integrante da equipe, Raphael Cordeiro.

A acessibilidade também é levada em consideração na hora de desenvolver todos os sites. É a tecnologia inclusiva, que contempla um maior número possível de cidadãos. “Temos opções em nossos portais onde o deficiente visual, por exemplo, pode ativar a funcionalidade que vai falar onde ele está navegando”, explica Karoline Bayer da Silva, outra integrante da equipe.