SCTI-Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Inovação

Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação

  1. Início
  2. /
  3. Sem categoria
  4. /
  5. PMSC e SCTI fazem...

PMSC e SCTI fazem parceria para instalação de tecnologia via satélite

Viatura do 11°BPM/Fron, sediado em São Miguel do Oeste, recebeu a instalação de uma antena satelital

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI) e a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizaram nesta quinta-feira, 04, a instalação de uma antena satelital de baixa órbita (Starlink), em uma viatura do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Fron), sediado em São Miguel do Oeste. A instalação foi realizada em Florianópolis, na sede da Diretoria de Tecnologia e Informação e Comunicação da PMSC (DTIC).

Por causa de áreas de difíceis acesso às redes transmissoras de celular, a tecnologia ajudará a conexão dos policiais em operação em locais com pior cobertura de rede móvel. Para o secretário Marcelo Fett, “o Governo do Estado está investindo nas novas tecnologias para melhorar comunicação e o trabalho de suas secretarias e órgãos afins. A Polícia Militar é um exemplo muito positivo do uso da alta tecnologia. Acreditamos que esse tipo de tecnologia, de baixa órbita, possibilitará um ganho muito grande nessa comunicação mais efetiva”, completou.

Para o comando do 11º BPM/Fron, tenente-coronel Alciones Pulga, a tecnologia via satélite vai ajudar no trabalho operacional na região. “Na fronteira no extremo-oeste de Santa Catarina, ainda temos grandes extensões sem cobertura móvel”, afirmou. Objetivo do projeto é realizar um estudo técnico através da viatura da Polícia Militar destacada para o Programa Rede Rural. Assim sendo, a região elegida para o início do estudo foi a região do Oeste do Estado. Através do uso da conectividade satelital, pretende-se levar a conectividade Wi-Fi para as regiões mais remotas, onde hoje não possui sinal de cobertura e sinal de telefonia móvel.

O uso da antena será o facilitador para conectar o celular da PMSC que está na viatura para receber as chamadas de emergência e também para auxiliar na localização dos eventos que são acionados.

A Tecnologia – A antena Starlink possibilita atividades que historicamente não eram possíveis com a Internet via satélite, como transmissão e vídeo-chamadas.

A atual tecnologia de internet via satélite tem latência de 600 milissegundos, que é o tempo que um bit ou pacote de dados leva para chegar de um computador a outro. Já a Starlink promete oferecer internet de longo alcance e rápida, com transferência de até 1GB por segundo e latência de 25 milissegundos.

A expectativa é que, até 2025, 40 milhões de usuários façam uso da banda larga com a nova tecnologia no mundo.