SCTI-Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Inovação

Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Startups: força para o...

Startups: força para o desenvolvimento econômico em Santa Catarina

Foto: Maurício Vieira / Secom

Um recente estudo setorial mostrou que no setor da construção civil, em Santa Catarina, são 121 startups em atividade, o segundo maior número de negócios digitais do segmento no país.

O ecossistema catarinense de construtechs e proptechs fica atrás apenas de São Paulo, que contempla 452 empresas do setor. Os dados estão contidos no 7º Mapa de Construtechs e Proptechs, publicado pela Terracotta Ventures, sediada em Florianópolis (SC) e principal empresa de venture capital nos mercados imobiliário e de construção civil da América Latina.

Promover um ambiente favorável para a criação e crescimento de startups é um dos pilares da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação. O Pronampe Inovação, lançado em março pelo Governador Jorginho Mello e em fase de implementação na SCTI, coloca o setor produtivo no centro das medidas planejadas e que serão implementadas ao longo dos próximos quatro anos. “Essa é a forma mais rápida e eficiente de atendermos o propósito estabelecido pelo governador de reinvenção da economia de SC a partir da inovação”, destaca o secretário Marcelo Fett.

O estudo revela crescimento significativo em Santa Catarina, com alta de 17,48% no número de startups entre os levantamentos feitos em 2022 e 2023. O crescimento proporcional só não é maior do que os verificados nos estados de Pernambuco (38,46%), Ceará (38,46%) e Distrito Federal (18,75%).

Outro estudo realizado pelo Sebrae de Santa Catarina, em 2022, mapeou 1.301 startups no Estado, com informações sobre localização, modelos de receitas, faturamento médio, com a maturidade e estágios dos negócios. Segundo o levantamento, 10 cidades concentram 80% das startups catarinenses, sendo Florianópolis, Joinville, Blumenau, Criciúma e Chapecó os principais polos.

A Capital tem a principal concentração de startups do Estado, com 37%. Segundo o levantamento, no total de 295 municípios catarinenses, 78 possuem pelo menos uma startup. E dentre as empresas estudadas, 120 estão nas regiões do Oeste (7%) e Meio Oeste (3%) catarinense.

Oportunidade para startups

O Arena CELTA, programa da Fundação CERTI voltado para formar uma nova geração de startups, está com inscrições abertas até o dia 12 de junho. O programa nacional, que agora conta com patrocínio do Sebrae, terá uma edição em Florianópolis (SC), e dois eventos paralelos, o Arena Na Estrada, um em Santarém (PA) e outro em Caxias do Sul (RS). As inscrições podem ser feitas no site https://celta.certi.org.br/arenacelta/

A participação é gratuita e, no caso do Arena CELTA, contempla capacitação por meio de uma plataforma online e também encontros presenciais em Florianópolis (SC). Para o Arena Na Estrada, a programação prevê um dia de atividades: em Santarém, no Pará, com foco em iniciativas para a economia verde; e em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, com foco em soluções para a indústria. As datas das edições do Arena Na Estrada ainda serão confirmadas.

Durante seis semanas, as empresas selecionadas participarão de rodadas que envolvem muito aprendizado, treinamento e networking. Serão promovidos três rounds presenciais e uma arena final abordando temas como “validação do problema”, “acesso ao mercado” e “finanças e captação de recursos”. Os rounds presenciais estão agendados para 26 de junho, 10 e 24 de julho e 4 de agosto, quando ocorre a grande final.


*Assessoria de comunicação da SCTI, com informações dos portais Acontecendo Aqui e SC Inova.