SCTI-Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Inovação

Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação

  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. SCTI define novo procedimento...

SCTI define novo procedimento para acessar SGPE

Melhoria tem como objetivo ampliar controle de dados pessoas e a segurança de informações do Sistema

O processo para acesso Sistema de Gestão de Processos Digitais – SGPE por servidores de órgãos ou instituições estaduais foi melhorado pela equipe técnica da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação – SCTI. A mudança prevê novos procedimentos comuns para quem pretende acessar o Sistema.

O trabalho coordenado pela Diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovação – DCTI foi mapeado pelo Núcleo de Gestão de Processos de Negócio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – NUPROC- SCTI em conjunto com as Gerência de Processos Digitais – GEPROD, Gerência de Proteção de Dados – GEPROT.

O que mudou?
A partir de agora existe um procedimento comum a ser seguido pelos Órgãos e/ou Instituições Estaduais para efetivação das solicitações, ou seja, na prática, toda solicitação de inclusão, alteração e ou exclusão de usuários, perfis e/ou setores permanecem sendo previamente aprovados pelos gestores ou superiores hierárquicos diretos. Porém, o encaminhamento destas solicitações contendo os dados específicos para cada serviço passa a ser centralizado em um único e-mail institucional a ser administrado por agente público indicado pelos titulares de cada Órgão/Instituição.

O principal objetivo da proposta é ampliar o controle acerca dos acessos ao Sistema de Processos Digitais – SGPe, a segurança das informações, a proteção de dados pessoais, além de aumentar a eficiência dos serviços por meio da padronização.

“A melhoria desse processo traz não só uma maior organização por meio da padronização, mas também a segurança nos acessos considerando a Lei de Proteção de Dados Pessoais” destaca o diretor de Ciência, Tecnologia e Informação, Diogo Quintino.

Para Cristina Couldrey, especialista em Gestão de Processos da SCTI, avaliar continuamente a melhoria dos processos é fundamental, principalmente àqueles considerados críticos pelos riscos identificados. “Acredito que tão logo a melhoria for para a prática, alcançaremos rapidamente os resultados esperados”.

Gisela de Souza Fonseca, gerente de Processos Digitais, enfatiza que este é um passo importante para segurança nos processos de atendimento aos órgãos e usuários pela equipe de suporte do SGPe.

Para Tayse Krause, gerente de Proteção de Dados da SCTI a proteção de dados pessoais e o mapeamento de processos foi peça fundamental para auxiliar na identificação dos dados dos titulares no SGP-e, possibilitando o tratamento desses dados por meio da restrição de acesso e da criação de regras de sigilo.